Medicina Tradicional Chinesa

Acupuntura
Leia mais -->

Dúvidas sobre a Acupuntura
Leia mais -->

Eletroacupuntura
Leia mais -->

Auriculoacupuntura ou Acupuntura Auricular
Leia mais -->

Cone Chinês
Leia mais -->

Moxabustão
Leia mais -->

Hai Hua (ou Acupuntura sem agulhas)
Leia mais -->

Sangria
Leia mais -->

Ventosaterapia
Leia mais -->

Fitoterapia
Leia mais -->

Eletroacupuntura

O que é?



A eletroacupuntura é mais uma das terapias que tem como base a Acupuntura e é utilizada através do uso de aparelhos elétricos que, conectados às agulhas, transmitem estímulos aos pontos de acupuntura.

A corrente elétrica que passa pelo corpo através da agulha, produz estímulos elétricos, que substituem as manipulações manuais.

A eletroacupuntura potencializa os efeitos da acupuntura feita com as agulhas. Possui uma ação analgésica mais rápida, em torno de 10 a 20 minutos.

Utiliza na maioria das vezes menor números de agulhas para produzir analgesia.

Como funciona?

A eletroacupuntura pode promover tanto analgesia quanto anestesia, enquanto que a estimulação mecânica das agulhas promovem apenas analgesia.

Um dos mecanismos mais importantes da analgesia mediada pela eletroacupuntura é a aceleração na liberação de peptídeos opiáceos - no sistema nervoso central, que interagem com receptores opiáceos na indução de um efeito anti-nociceptivo, ou seja, que acalmem as dores.

O principal achado foi o de que a eletroacupuntura de 2Hz deflagra a liberação de encefalinas e de beta endorfina do cérebro e na medula espinhal, que interagem nos receptores opiáceos e no sistema nervoso central, enquanto que a estimulação de 100Hz, seletivamente, aumenta a liberação de dinorfina na medula espinhal para interagir com os receptores opiáceos no corono posterior da medula espinhal (HAN; WANG;1992).

Novos estudos revelam que quando baixas (2Hz) e altas (100Hz) freqüências são utilizadas consecutivamente com duração de 3 segundos, então todos os três tipos de peptídeos opiáceos (encefalinas, endorfinas e dinorfinas) podem ser liberadas simultaneamente. A interação sinergística entre esses três peptídeos opiáceos endógenos produz um efeito analgésico mais potente (CHEN; HAN, 1992 e CHEN et al., 1994).

Indicações

Embora a eletroacupuntura tenha as mesmas indicações que a Acupuntura, apresenta excelentes resultados nas síndromes dolorosas miofasciais, traumatismos das partes moles, neuragias, distúrbios neurovegetativos, algumas afecções oncológicas, no tratamento da nevralgia e paralisia dos nervos. Na prática clínica, é muito utilizada no tratamento da ciática, nevralgia de trigêmeos, paralisia facial, cefaléia, dor de dente, LER – Lesões por Esforço Repetitivo.

Contra Indicações

Embora não tenha contra indicações, não deve ser aplicada em crianças pelo desconforto de precisarem ficar quietas durante o processo de aplicação com recursos elétricos.
R. Bento de Andrade, 103 - Jd. Paulista
São Paulo - SP | CEP: 04503-010
Tel: +55 (11) 2507- 9021 / 2507- 9024

R. Clodomiro Amazonas, 1422, cj 107 - Vila Nova Conceição
São Paulo - SP | CEP: 04537-002
Tel: +55 (11) 2503- 0662
E-mail: contato@phisiotrainer.com.br